Idioma español English Português

Efeitos colaterais e adversos da Finasteride.

Entre 5-10% dos pacientes que tomam finasterida teve algum efeito adverso devido à medicação. A maioria destas complicações dão maneira espontaneamente ou após a interrupção da administração da droga.

Os efeitos adversos devido à finasterida são freqüentes, atingindo até 10% das pessoas que a utilizam. Sua freqüência e severidade fazem necessário repensar a relação do benefício-risco para algumas indicações.

A Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos (FDA) no ano de 2009 emitiu um aviso sobre o possível aumento do risco de desenvolvimento de câncer de mama em pacientes que utilizam esta droga em altas doses e por longos períodos de tempo.

finasteride efeitos colaterais

De acordo com um estudo recente liderado por Raymond M bife, a Carese Gamret, Evan Darwin e o subdeep Gaudi da Universidade de Miami, a escola Miller de medicina é mostrada que a finasterida é efetiva no tratamento da hiperplasia prostática benigna e Alopecia alopecia reduzindo substancialmente os níveis diidrotestosterona.

Também foi documentado que eles podem aumentar a incidência de disfunção sexual.
Diminuição da libido, transtorno da ejaculação e impotência estão entre os efeitos nocivos relacionados com a droga que são relatados na maioria das vezes.

A disfunção erétil ou impotência tem sido citada como o efeito colateral mais comum em vários estudos para a finasterida em tiros de 5 mg/dia seguido por diminuição da libido.

Na maior meta-análise realizada até à data, um risco significativamente maior de disfunção sexual (aumento de 156%) foi encontrado para homens tratados com Finasterida para BPH (hiperplasia prostática benigna).

Com base nessas descobertas, recomendamos que os médicos considerem e discutam com seus pacientes possíveis efeitos colaterais sexuais e risco de depressão antes de selecionar o tratamento farmacológico.

Saiba mais sobre a Finasteride.

 


Data de publicação: 30 - 09 - 2018

Última modificação: 30 - 09 - 2018

Autor: Miguel T. R.